23 de out de 2009






Pessoas....


Vou compartilhar um trechinho de um livro que leio:

(...)"Desde o momento em que o bebê salta no ventre de Isabel diante da chegada de Maria, o relacionamento de Jesus com João é prenhe de tensão dramática. João, por um lado, parece não chegar a entender a peculiaridade do primo. Ele pode ter visto a pomba do espírito descendo sobre Jesus no Jordão, mas, anos depois, a conduta do cordeiro de Deus lhe parece equívoca o bastante para que ele mande perguntar, da prisão onde está, se Jesus era "mesmo aquele que estávamos esperando, ou se devemos esperar por outro."

(...)"Embora tenham angariado quase simultaneamente a reputação de homem de Deus, os detalhes da narrativa parecem servir apenas para salientar a intransponível distância entre as posturas de Jesus e João. João Batista vive nas margens: é o asceta, o outsider, o homem que se afasta deliberadamente do mundo e enxerga esse afastamento com a porção mais essencial da sua missão. Ele é 'a voz que clama no deserto' - deserto onde não há ninguém e onde por isso ninguém pode ouvir, a não ser quem repete o trajeto, afastando-se do mundo para ouvir como João afastou-se para falar.(...) João não bebe, não aceita convites, não frequenta pecadores; não come frescuras como pão e vinho (recomendando como alternativa sua dieta de gafanhotos e mel silvestre), evita todos os excessos e jamais é visto na cidade. Para encontrá-lo, é preciso ir ao encontro dele na aridez onde nenhum traço de humanidade pode sobreviver.(...)Jesus é insider, o inserido, o afiliado, o homem de dentro. Ele não apenas recusa o afastamento do mundo proposto na postura de João, mas assume, descaradamente, a direção oposta.(...)adquire a fama de santo e homem de Deus convivendo com o homem comum e com gente que até mesmo o homem comum tem dificuldades para engolir."

O texto continua, e possui uma grandeza assustadora.

João, se excluia do mundo. Jesus, se inseria no meio do povo. Esse texto entrou na minha alma e me pergunto: que caminho estou fazendo? A quem estou seguindo? João Batista ou Jesus? E você? Pense...remexa suas gavetas.....reveja seus conceitos! Seguir Jesus é fácil? Humm....acho que não! mas é possível sim.....

O livro é Em 6 passos o que faria Jesus - Paulo Brabo - Ed. Garimpo.
Fica ai minha sugestão....e boa leitura!